sábado, 31 de outubro de 2015

Aparecida


.

Segundo o relato contado pelos populares, uma imagem de uma santa negra foi encontrada por pescadores em um rio. Deram a ela o nome de Nossa Senhora da Conceição Aparecida, e o culto à ela sempre foi muito forte no Brasil, tanto que esse título da Virgem Maria é o mais usado e ela se tornou padroeira do Brasil.

A Nossa Senhora Aparecida - que é uma imagem - atribui-se curas milagrosas. Esse é evidentemente o primeiro passo para pessoas religiosas de todo o país terem feito promessas e homenagens à santa, dando este nome à suas filhas. Assim, Aparecida passou a ser usado como nome próprio tipicamente brasileiro. 

O nome, obviamente, tem significado literal e é considerado mais um dos atributos à Virgem Maria, como por exemplo, Conceição, Remédios, Socorro, Consuelo, Amparo, Anunciação, Pilar, Assunção, Guadalupe, Penha, Auxiliadora, Fátima, Montserrat, Lourdes, e mais uma boa quantidade. 

E também vem acompanhado de uma enorme carga religiosa. Além de ter pessoas com o nome, que evidentemente são filhas de pessoas devotas, ainda tem várias cidades brasileiras chamadas Aparecida, inclusive aquela onde construiu-se a Basílica de Aparecida, em Goiás, que recebe milhares de fiéis por ano. 

Além de ser literal, ele logo remete ao apelido "Cida, Cidinha", que ficou bem marcado em determinada época e determinada classe social no Brasil. Hoje, não há nenhuma referência a registros de Aparecida nas últimas listas disponíveis. Os nomes de cunho católico, aos poucos, foram sendo substituídos pelos nomes bíblicos, na tendência evangélica mais atual. 

Há poucas notícias de Aparecida registrado nos dias de hoje, apesar disso, eu conheço uma pequena Maria Aparecida, batizada em honra a Nossa Senhora por conta de uma promessa feita pelos pais ou avós. Entendo a escolha desse nome como algo muito especial para os pais que são devotos e querem homenagear ou agradecer a uma promessa feita, então, costumo compreender suas motivações.



By



.