sábado, 22 de outubro de 2016

Amabília




Amabília é um nome feminino, que deriva do latim “amabilis”, que quer dizer “amável”, “digna de ser amada”. Como um nome cristão, foi adotado com o significado – advindo do senso comum e por interpretação – “digna de amor divino” ou ainda “amada por Deus”. 

O significado desse nome é um dos melhores, afinal, quem não deseja que um filho seja amável, no sentido de gentil, educado, cortês, agradável com as pessoas em termos gerais? São qualidades almejadas por qualquer pai e mãe, suponho.

Além disso, essa versão do nome especialmente foge das terminações tradicionais femininas. Amabília não tem uma terminação costumeira, ao mesmo tempo que finaliza da mesma forma que o popular Cecília ou o mais datado Marília.

Em outras versões temos: Annabel (alemão), Amabel, Anabella, Anabelle, Annabel, Annabella, Annabelle, Arabella, Mabel, Mabella, Mabelle, Mable, Mae, May, Maybelle, Maybelline (inglês), Annabelle, Amable (francês), Anabela (Português), Anabel (espanhol), Amabile (italiano).

Confesso que sempre tive uma preferência muito maior pela grafia italiana, Amabile, porém, infelizmente, Amabile é um nome que abre para muitas estropiações e grafias diferentes, o que estraga um pouco o apreço por ele (foram registradas, só em São Paulo, 2015, segundo dados da Arpen/SP, 18 grafias diferentes desse nome, das quais só duas estavam corretas).

De modo que Amabília torna bem mais raro, incomum e difícil de escangalhar com a escrita. Amabília também é bem mais forte e potente do que Amabile ou qualquer das outras grafias existentes.


Como referência, encontrei a ex-deputada estadual da Bahia, Amabília Almeida.



.