quarta-feira, 5 de outubro de 2016

Sabine




Recentemente, eu li a série de livros de romance “Imortais”, da autora Alisson Noel. Ok, os livros são melosos e giram em torno do amor de uma garota por um imortal, que viaja por poderes sobrenaturais, e pela temática da reencarnação e da alquimia. Ocorre que uma personagem que chamou a atenção pelo nome foi justamente uma personagem secundária: Sabine. Ela é a tia da personagem principal, que fica com a guarda legal da garota depois da morte dos pais.

Bem, Sabine parece de cara um nome simpático. Aí você lê nada mais nada menos que seis livros em que a personagem aparece consecutivamente, e acaba se habituando a sonoridade do nome, de modo que ele acaba saltando aos olhos. Foi assim com muitos personagens de livros que li, sejam eles clássicos ou literatura juvenil/popular como esse em questão. Daí ter gostado bastante de Sabine, um nome que até então, não figurava nos meus mais remotos pensamentos.

Sabine é uma forma francesa e germânica de Sabina, que origina-se em Sabinus, um cognome romano que significa literalmente “sabino”, em latim. Os sabinos eram um povo europeu antigo que viviam na região central da Itália, com o qual os romanos enfrentaram algumas eventuais guerras e conflitos. De acordo com a lenda, os romanos teriam sequestrado sete mulheres sabinas durante um conflito, e quando os sabinos foram resgata-las, as mulheres já tinham feito as pazes entre os dois grupos. Este também é o nome de vários santos e santas.

Outras linguagens: Sabina (Romano antigo, croata, checo), Sabien (alemão), Szabina (húngaro), Sabina, Savina (italiano), Sabina (polonês, português, romeno, russo, esloveno e espanhol).

Sabine aparece no ranking Holandês, na 492ª posição, no ano de 2011. Já na Suíça, o nome ocupava o 91º lugar em 1989, e aparecia no ranking desde 1958, mas sumiu desde então. Já no Brasil, foi registrada apenas uma menina chamada Sabine em São Paulo, no ano de 2015, e nenhuma no ano anterior (segundo dados da Arpen/SP).

A julgar pelas referências abaixo, Sabine é um nome muito comum na Bélgica e na Alemanha, pelo menos entre mulheres adultas. A Wikipédia inglesa traz muito mais referências do que essa, e eu filtrei as mais importantes, sendo que aparentemente, Sabine é muito frequente por lá. Assim, se caso alguém tem descendência alemã e um dia pensa em conseguir a cidadania, Sabine é com certeza um bom nome.

Acredito que Sabine seja um nome muito adequado para uma menina brasileira. Além de elegante e interessante, é melhor do que Sabina ou Sabrina, este último sendo mais popular. 

Referências:

Sabine Appelmans, tenista belga.
Sabine Azéma, atriz e diretora francesa.
Sabine Bätzing-Lichtenthäler, política alemã.
Sabine Bergmann-Pohl, chefe de estado na Alemanha Oriental.
Sabine Bethmann, atriz de cinema alemã.
Sabine Bohlmann, atriz alemã.
Sabine Christiansen, jornalista e apresentadora de televisão da Alemanha.
Sabine Ehrenfeld, atriz e modelo alemã.
Sabine Gruchet, modelo australiana;
Sabine Hack, jogadora de ténis alemã;
Sabine Hark, socióloga e feminista alemã.
Sabine Haudepin, atriz francesa
Sabine Heinrich, apresentadora de rádio e televisão alemã;
Sabine Herold, ativista política francesa;
Sabine Jünger, política alemã;
Sabine Kalter, cantora de ópera polonesa;
Sabine Karsenti, atriz franco-canadense;
Sabine Lepsius, pintora alemã;
Sabine Leutheusser-Schnarrenberger, política alemã;
Sabine Pochert, canoísta alemã;
Sabine Singh, atriz norte-americana;

Sabine Zlatin (1907-1996), membro da Resistência Francesa;








.