segunda-feira, 5 de dezembro de 2016

Raíra

.

Raíra é um nome indígena, aparentemente de origem tupi-guarani, que significa “homem”. Numa primeira olhada, o seu significado sugere que o seu uso deva ser observado no masculino, mas a terminação e a sonoridade nos levam ao uso para nomear meninas. De qualquer modo, não sabemos dizer se “homem”, nesse caso, se refere ao aspecto biológico de gênero ou a espécie “humana”.

De qualquer maneira, a terminação em “a” e a semelhança com outro nome – que nada tem de indígena – Raíssa, inspira sua aplicação para o gênero feminino. Ele é um nome indígena usado razoavelmente com certa frequência no Brasil, possivelmente visto, por vezes, como um feminino de Raí.

Raíra é o nome de 4.479 pessoas no Brasil, segundo o Nomes no Brasil (IBGE, Censo 2010), com maior número de registros oscilando entre a década de 90 e 2000. Os estados onde Raíra é mais frequente como nome é Amapá, Roraima e Pará. Temos pouquíssimas moças chamadas Raíra no Rio Grande do Sul, Paraná e Santa Catarina.

O Nomes no Brasil também aponta outras grafias usadas: Rayra (2027 pessoas), Rhaira (100 pessoas), Rhayra (220 pessoas), embora sem o acento, nos três casos eu tenha uma tendência enorme a ler Ráira, e nesse caso, perde todo o encanto para mim. Raíra é um dos nomes femininos indígenas mais legais que temos a nossa disposição: favor não estraga-lo com grafias dúbias.

Duas portadoras notáveis do nome são Raíra Venturieri, jornalista e repórter de matérias turísticas e Raíra Cendi, Miss Fortaleza Latina em 2015. 



.