quinta-feira, 2 de fevereiro de 2017

Erol




Erol é um nome do sexo masculino usado em turco, principalmente. Sua origem é turca, assim como seu uso, e significa valente”. O significado é bem empolgante e a sonoridade do nome também é legal.

Sobre sua popularidade no mundo, Erol só aparece no ranking da Turquia: em 1988 foi a última vez que ele constou no top 100, na 89ª posição. O primeiro ano que os nomes turcos começaram a ser divulgados foi em 1980 e Erol estava na 52ª posição. Assim, suponho, ele deve ter sido bem popular na Turquia na década de 60 e 70.

Como referências podemos citar Erol Büyükburç, cantor e compositor turco; Erol Çevikçe, político turco; Erol Erdinç, pianista clássico e maestro turco; Erol Evgin, cantor, compositor e ator turco; Erol Günaydin, ator de cinema e teatro turco; Erol Reyal, fotógrafo americano;

No Brasil, há 74 pessoas chamadas Erol, todos registrados na década de 60. Curiosamente, Erol só foi registrado em Santa Catarina (16 pessoas), Paraná (24 pessoas) e Rio Grande do Sul (16 pessoas). Por enquanto, ainda não consegui ter um palpite de por que essa concentração do sul – pode ser algum foco localizado de imigração turca, ou um jogador de futebol famoso na década de 60, um cantor, uma personalidade local... – mas o fato é que no Brasil, os raros Erol estão todos no sul.


Evidentemente que com a pronúncia em inglês – exatamente como a coruja da família Weasley em Harry Potter – é mais bonito, mas não acho que seja um nome inadequado para o português. 




.