segunda-feira, 13 de março de 2017

Camélia

.
Camélia é um nome de flor, a forma portuguesa do nome Camellia, a partir do nome do arbusto de florescência, que foi nomeado em homenagem ao botânico e missionário Georg Joseph Kamel, que era um padre jesuíta, o primeiro a trazer a planta do Japão. Quem batizou a Camélia com esse nome foi Lineu. Como variantes temos Camèlia (catalão), Camellia (inglês), Kamelia (polonês), Camelia (romeno), Kamélia (húngaro).

Camellia é um género de plantas da família Theaceae que produz as flores conhecidas como Camélia, cameleira e, em algumas regiões de Portugal, japoneira. O género Camellia inclui muitas plantas ornamentais e a planta do chá.

Na França, Camelia é um nome bastante utilizado. Ele estava na 159ª posição no ano de 2010. Nos Estados Unidos, segundo a lista divulgada pela Social Security, foram 67 registros de Camellia e 37 de Camelia no ano de 2015.

No Brasil, Camélia não tem tanta expressividade, pois são apenas 370 pessoas chamadas assim, segundo o IBGE (Nomes no Brasil, Censo 2010), com destaque para o estado do Maranhão e para a década de 1940.

Camélia faz parte da série de nomes que carregam aqueles desejos sentimentais de passar as qualidades e inspirações da flor para a menina que leva seu nome, como Margarida, Rosa, e assim por diante, entretanto, não é nada trivial se comparado à esses. Camélia é um nome de flor raro e ousado.

É, portanto, faz parte da série de nomes com bom valor desejos sentimental inspirados em flores [1], como Margherita, Iris, Rose, Hydrangea, Rhoda, Albena e assim por diante.

Uma portadora famosa é a cantora francesa Camelia Jordana Aliouane, que usa Camelia Jordana como seu nome artístico. Também temos uma medalhista de ouro na categoria remo, nas Olimpíadas de 1996, Camelia Macoviciuc-Mihalcea. Soma-se à elas Camelia Ceasar, jogadora de futebol romena, e Camelia Potec, nadadora também romena.


Uma bela referência também é o romance clássico da dramaturgia mundial, A Dama das Camélias, de Alexandre Dumas Filho. 





.