segunda-feira, 31 de outubro de 2016

Amato




Amato é um nome próprio italiano para homens. Tem como feminino a variante Amata, e em outras línguas encontramos Aimé (francês), Amé (francês medieval), Amado (português) e Amatus (latim tardio).

Ele deriva da palavra latina Amatus, que significa literalmente “amado”, levando sempre para o lado religioso, numa espécie de interpretação, no sentido de “amado por Deus”, semelhante semanticamente à Armas, Agapito, Abibo, Davide e Erasmo.

Apesar de implicitamente, o nome tem estrutura teofórica, e assim se espalhou especialmente por causa de seu sentido religioso, semelhante ao nome Amadeu. Amato também é popular na Itália e em outros países como sobrenome.

Nas listas disponíveis no Brasil, não temos registro do nome Amato, e na Itália, de acordo com as pesquisas no Nomix, é considerado um nome antigo. Na Itália, se chama Amato cerca de 5471 pessoas (718º lugar entre os nomes mais comuns), havendo aproximadamente 0.0091% da população italiana.

Na Itália, onde o “santo do dia” é um critério importante para a escolha de nomes, Amato é comemorado no dia 13 de setembro, em memória de São Amato de Remiremont, um abade, e também São Amato de Sião, um bispo. Além desses, há São Amato Ronconi, um abade e Santo Amato de Nusco, um bispo.

Algumas referências:

Amato de Montecassino (século XI), abade de Montecassino
Amato Nusco, bispo e santo italiano;
Amato Remiremont, abade eo franco santo;
Amato de Sião, bispo francês e santo;
Amato Amati , geógrafo, historiador e político italiano;
Amato Berardi , político e empresário italiano;
Amato Danio , jurista italiano;
Amato Gastaldi , jogador de futebol italiano;
Amato Lamberti , jornalista, político e acadêmico italiano;
Amato Lusitano , médico e botânico Português;

Geograficamente, temos uma cidade chamada Amato na Calábria, Itália; uma fração da cidade italiana de Taurianova; Amato também é o nome de um rio na Calábria; E também havia uma antiga cidade do Chipre chamada Amato, também conhecida como Amathous.

Havia também uma família antiga de origem espanhola pertencente à nobreza de Amantea e de Nápoles, sendo que um dos ramos se estabeleceu na Sicília, cujo sobrenome era Amato.


Como sobrenome, Amato é bastante comum no sul da Itália, com duas linhagens principais na Sicília e na Campânia, além de significativa presença no resto da Itália. 

Amato, jogador de futebol argentino, que já atuou no Grêmio (RS). 



.