domingo, 25 de dezembro de 2016

Guacira



Guacira é um nome indígena de origem tupi-guarani, predominantemente do gênero feminino, que significa “tudo que corta”, “tudo que é cortante”, “afiada, aguçada”, “haste afiada”, possivelmente se referindo a talos de plantas cortantes.

Apesar da inicial “Gua” ser bem diferenciada, em termos de nomes femininos – o único que lembro agora é Guadalupe e ele não é o que se pode chamar de nome usual – a terminação em “ira” é bastante comum, encontrada em vários nomes de outras origens como Elvira, Alzira, Dejanira, Palmira, Samira, Zulmira, etc. e também vários de origem indígena: Potira, Maíra, Jacira, etc.

Para quem deseja resgatar as qualidades de um nome indígena culturalmente associado à ancestralidade do povo brasileiro, é uma ótima opção. Para quem não tem coragem de usá-lo sozinho, Guacira pode ser usado como 2º elemento em compostos, associados à nomes mais clássicos.

Guacira não está em uso no momento no Brasil, visto que não há nenhuma menção desse nome nas listas de registros disponíveis (Arpen/SP ou BabyCenter Brasil).

Uma das poucas referências que encontrei é Guacira Merlin, repórter da RBS TV, uma emissora de televisão afiliada à Rede Globo. Além dela, temos Guacira Lopes Louro, uma doutora em Educação e Professora Titular aposentada do programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

Segundo a Ferramenta Nomes no Brasil (IBGE, Censo 2010), são 1.088 pessoas chamadas Guacira. A maior parte dos registros se deu em 1960 e no estado do Rio Grande do Sul. Guacyra, nessa grafia, tem 86 registros.


.