quarta-feira, 15 de fevereiro de 2017

Ameixa

.

Não é um nome fácil de se escrever um post, até por que, muita gente nem considera “um nome” propriamente dito. Ameixa é o nome de uma fruta, deliciosa por sinal, muito apreciada no mundo todo. Esse, evidentemente, é o nome da fruta em português, sendo que em outras línguas ela recebe outras denominações.

Mas, como sempre digo, se pode Amora, pode Ameixa, pode Framboesa, Cereja, e vários outros nomes de frutas. Evidentemente imagino que ninguém vai querer nomear um filho com o nome Limão, ou uma filha chamada Abacaxi ou Banana, mas existem nomes de frutas que são exóticos e se encaixam sim numa possível nomenclatura própria.

Assim, o blog Por Trás do Nome se propôs a escrever alguns específicos sobre nomes hippies e literais relacionados à frutinhos. Os nomes relacionados geralmente agradam pessoas que tem uma ligação maior com a natureza, que praticam religiões de contato com o natural, esotérico, de mentalidade alternativa, hippie ou artística. Essas pessoas são exatamente aquelas que não tem problemas em serem ousadas.

Muita gente ainda estranha e acha absurdo, mas esquecem-se que Tamara, que foi popularíssimo no Brasil na década de 90, também é um nome de fruta, e é um nome usado há milhares de anos. É uma questão de abrir a mente, uma vez que todos os nomes e sobrenomes vieram de nomes de coisas literais. Todos os seres humanos, começando pelos primitivos na Idade da Pedra, nomeavam seus filhos a partir de coisas, valores, virtudes, elementos ou objetos relativos à natureza.

Os nomes em tupi ou qualquer língua indígena brasileira representam palavras que também nomeiam coisas ou virtudes, nas línguas correspondentes. Na verdade, é uma prática milenar que acompanha a evolução do ser humano. Estamos acostumados com nomes já usados há muito tempo em outras línguas, que para nós tem significado literal.

No Japão, por exemplo, é muito comum combinarem kanji com significados literais para obter nomes próprios, é uma questão cultural. Ameixa é, literalmente, o fruto da ameixeira, que engloba várias espécies do subgênero Prunus, a qual pertence também o pêssego e a cereja.

Eu tenho uma queda por nomes hippies, especialmente os não literais. Por exemplo, usaria Framboise (francês) no lugar de Framboesa, ou Cerise (idem) no lugar de Cereja, para dar uma equilibrada. No caso de Ameixa, não são muitas as traduções que podem dar certo, talvez Pruna (catalão), Maula (chicheua), Prin (crioulo haitiano), Blomme (dinamarquês), Ciruela (espanhola), Eirin (galês), Slyva (lituano), erik (turco). Me surpreende o fato de Erik significar literalmente “Ameixa” em turco. 



.