sexta-feira, 10 de março de 2017

Belial

paisagem:
.

Não há nenhum registro de Belial nem no IBGE, nem nas listas recentes da Arpen/SP. Também pudera: Belial significa “inútil” em hebraico. O termo Belial (בְלִיַּעַל bĕli-yaal) é um adjetivo hebraico que significa "sem valor" de duas palavras comuns beli- (בְּלִי "sem-") e ya'al (יָעַל "valor"). Ele ocorre vinte e sete vezes no Texto Masorético, em versos como os que seguem: "Um homem cruel (em hebraico adam beli-yaal)" Livro de Provérbios 6:12

No Antigo Testamento, esse termo é usado para se referir à pessoas más. No Novo Testamento, Paulo usa-o como um nome para Satanás. Na tradição cristã posterior, Belial se tornou um anjo mau associado com a injustiça e a luxúria.

Na mitologia canaanita, Belial é considerado o adversário do “povo escolhido”. É o 68º espírito listado na Goetia. No Cristianismo Belial é mencionado também no novo testamento como o oposto da luz, do bem e de Jesus Cristo. Seria o mais importante demônio na Terra, que comandava as forças da escuridão contra os homens de bom coração. Criado junto com Lúcifer, de Belial foi dito - Um rei do inferno - e comandante de 80 legiões.

Segundo o Dicionário Bíblico, Belial significa “Maligno, indignidade. Uma palavra muitas vezes empregada nas Sagradas Escrituras. No seu uso comum significa o que é vil, indigno e inútil, quer se trate de coisas (Sl 41.8), ou de uma pessoa ou classe de pessoas, como ‘homens malignos’ (Dt 13.13), ‘filho de Belial’ (1 Sm 25.17), ‘todos os maus e filhos de Belial’ (1 Sm 30.22). Mas nunca no Antigo Testamento se emprega de uma maneira restrita como nome próprio”.

Para saber mais sobre isso, você pode consultar esse texto interessante sobre o significado bíblico de Beliel.

Na demonologia cristã, é reconhecido como um antigo Anjo da Virtude, que após a queda junto com Lúcifer, foi transformado no demônio da arrogância e da loucura, ocupava o posto que agora pertence a Arcanjo São Miguel. Também é responsável pela luxúria, e foi por sua causa que as cidades de Sodoma e Gomorra caíram em tentação. Ele aparece na forma de dois anjos sentados em uma carruagem de fogo.

Entretanto, outros etimologistas dizem que não há nenhuma ligação entre Belial e a palavra “inútil” ou “imprestável”, e sim,  traduziram como "não escravizado" (Beli ol), "O que não tem derrotas" (Belial) ou "nunca vencido" (Beli ya'al). Infelizmente não tenho conhecimento algum de hebraico antigo para palpitar qual seria correto.

É claro que Belial é um nome completamente inadequado para quem tem alguma ligação ainda que remota com qualquer religiosidade judaico-cristã, sendo declaradamente o nome de um demônio. Para aqueles que pouco ligam à isso, não há nada de errado com o nome, a não ser é claro, a primeira hipótese de significado que é muito, mas muito ruim. Ninguém quer um nome que signifique inútil ou imprestável. 




.