quinta-feira, 2 de março de 2017

Nomes de Bruxa - Parte III

.


Dando sequência aos nossos textos sobre nomes inspirados em bruxas - depois do post Nomes de Bruxas Parte I e Parte II, vamos explorar um pouco mais o mundo da ficção: os contos de fada, livros, filmes e séries que você conhece e que trouxeram à tona a temática que estamos elucidando;
Confira:

 CONTOS DE FADA


Angelina Jolie no filme Malévola.


Gothel: no filme “Enrolados” da Disney, a bruxa que sequestra Rapunzel se chama Gothel, chamada de “madame Gothel” em inglês e “mamãe Gothel” em português. Além da narrativa de abertura, a mãe Gothel nunca é referida ou endereçada por seu nome no filme.

Úrsula: No filme “A Pequena Sereia”, da Disney, Úrsula é o nome da bruxa marítima, que é a principal antagonista e faz de tudo para atrapalhar a história de Amor entre Ariel e o príncipe Eric. Ela é metade polvo, e tem uma cor arroxeada. Úrsula é um nome derivado do latim e significa “pequena ursa”.

Narissa – o filme Encantada (2007), da Disney, faz uma mistura de elementos de vários contos de fada, introduzidos dentro do mundo real, e trazendo uma nova bruxa vilã, a Rainha Narissa. O nome é uma variante de Nerissa, nome criado por Shakespeare para sua peça “O Mercador de Veneza”, possivelmente pegando emprestado a etimologia do grego “nereis”, que significa “ninfa, espírito do mar”.

Malévola: obviamente não dá para usar na vida real, por ser muito sombrio e pelo significado, mas Malévola é o nome da bruxa vilã de A Bela Adormecida, recentemente retratado em um filme homônimo com outro posto de vista, interpretada pela Angelina Jolie.



ONCE UPON A TIME
(série)

Personagens de Once Upon a Time


Em Once Upon a Time, uma série de ficção americana de drama–fantasia que aborda o gênero contos de fadas. A série se passa na fictícia cidade de Storybrooke, cujos moradores são personagens de vários contos de fadas que foram transportados para o "mundo real" e tiveram suas memórias roubadas por uma poderosa maldição. Muitos personagens que nos contos de fadas (e suas adaptações) tradicionais, não são nomeados, em Once Upon a Time ganham nome. Por exemplo:

Regina: a Rainha Má de Branca de Neve e os Sete Anões, que significa “rainha” (latim);

Zelena: a Bruxa Má do Oeste, cujo nome significa “verde” em croata e esloveno, em referência à cor que ela assume quando se transforma;

Cora: Na série, é a mãe da Rainha Má, mas também representa a Rainha de Copas no conto Alice no País das Maravilhas. O nome vem do grego Kore, que significa “donzela”.

Glinda: assim como citado mais à frente em Oz, Mágico e Poderoso, é a Bruxa boa do Sul.
Ingrid: é a Rainha de Neve, que foi baseada no conto The Snow Queen;



OZ, MÁGICO E PODEROSO
(filme)


.


Evanora, Theodora e Glinda – São as três bruxas do filme Oz, Mágico e Poderoso. Evanora parece ter sido inventado para o filme para que as duas primeiras silabas soem, em inglês, como “o mal” (The Evil), rimando com o nome da irmã, Theodora, que por sua vez é um nome de origem grega que significa “presente de Deus”. Glinda, aparentemente, também foi inventado por Frank Baum para sua personagem em Oz (1900) e usado na série, talvez uma adaptação de Glenda, nome galês que significa “pura e boa”.


LENDAS ARTURIANAS


Morgana, Nimue ou Viviane: Embora elas assumam papeis e personalidades diferentes nas lendas arturianas, conforme os autores que as contam, esses nomes são recorrentes. Morgana seria a meia-irmã do Rei Arthur, versada em magia, cujo nome significa "mulher que veio do mar", do gaélico Muirgen.  Nimue ou Viviane (Vivian, Evienne, Niniane, Nyneve, Nínive, etc. com grafias muito variadas), dependendo da lenda e do autor, é a “senhora do lago”, cujo significado do nome é desconhecido.




SABRINA, THE TEENAGE WITCH



“Sabrina, the Teenage Witch” foi uma série de televisão norte-americana da The WB, inspirada nos Quadrinhos da Archie Comics Sabrina, the Teenage Witch, cuja personagem principal é a Sabrina, uma adolescente que aos 16 anos de idade começou a usar os seus poderes por ser uma bruxa.

Sabrina  Sabrina é a forma latinizada de Habren, o nome Galês original do rio Severn. De acordo com Geoffrey de Monmouth, Sabrina era o nome de uma princesa que se afogou no Severn.  O nome ficou conhecido através da série – e filmes – “Sabrina, aprendiz de feiticeira” – cuja protagonista era interpretada pela atriz Melissa Joan Hart

Hilda e Zelda  – Na série “Sabrina, aprendiz de feiticeira, esses eram os nomes das tias de Sabrina, duas bruxas. Hilda/Ilda derivam da palavra germânica Hild, que significa “batalha” e está na raiz de vários outros nomes femininos, como por exemplo, Matilde. Na mitologia nórdica, uma das valquírias se chamava Hilda. Já Zelda seria uma variante de Griselda, que provavelmente vem de gris(cinza) e hild (batalha), por interpretação, “batalha escura” ou “batalha cinzenta” e não é necessariamente um nome germânico e sim, um nome criado para o universo literário em contos medievais de Boccacio e Chaucer. Nesse caso, uma variante existente seria Grisel.

Logicamente, o gato Salem é nomeado a partir da cidade famosa pelos eventos na época da Santa Inquisição e que deu origem à muito material para ficção, denominado As Bruxas de Salém.

Outros nomes de bruxas secundárias citadas no seriado: Della, Enchantra, Esmeralda, Galiena, Rosalind, Seles, Llandra, Beulah, Dorma, Dreama, Jezebelda, Lydia, Sophia, Vesta, Susie, Amanda, Ally, Marigold.



ELVIRA, A RAINHA DAS TREVAS


.



Elvira é a forma espanhola de um nome visigodo, provavelmente composto dos elementos germânicos “ala” (todos) e “wer” (verdadeiro), podendo ser interpretado como “toda verdadeira” ou “toda a verdade”. O nome ficou associado ao mundo bruxo por conta da personagem Elvira, a Rainha das Trevas, interpretada por Cassandra Peterson. Uma curiosidade é que, no filme, a tia de Elvira chama-se Morgana.


DEZESSEIS LUAS (Beautiful Creatures)
(livros)


Beautiful Creatures é uma série de livros escrita por Kami Garcia e Margaret Stohl. Ela versa sobre a temática da bruxaria mas de um modo diferente, chamando-os de conjuradores das trevas ou da luz. Separei alguns nomes legais:

Lena – a personagem principal, uma conjuradora, é Lena Duchanes, cujo nome pode ser uma abreviação de Madalena, Helena e outros nomes terminados em –lena.

Ridley – uma bruxa das trevas que é prima de Lena. Ridley origina-se de um sobrenome antigo, que originalmente foi derivado de um topônimo que significava “madeira limpa” (reed clearing) em inglês antigo.

Sarafine – A mãe da personagem principal e uma conjuradora das trevas, Sarafine, é uma alteração do nome Serafina, que é a forma feminina do nome latino antigo Seraphinus, derivado da palavra bíblica “serafins”, que é de origem hebraica e significa “os inflamados”, referindo-se a uma ordem de anjos, descrita por Isaías na Bíblia como tendo seis asas cada.

Amarie – É o nome da mulher que criou Ethan, o humano que é apaixonado por Lena. Não encontrei definição sobre o nome Amarie, mas no filme, ela é interpretada pela atriz Viola Davis.

Delphine – é a forma feminina do nome latino Delphinus, que significa “de Delphi”, uma cidade na Grécia Antiga, cujo nome está relacionado com “delphys”, que significa útero. Entretanto, Delphine é um topônimo. Ela é uma conjuradora da luz, e tem o poder de ver os acontecimentos passados e futuros.

Emmaline – É uma variante de Emmeline, que deriva de uma forma francesa do nome germânico Amelina, diminutivo de nomes germânicos começados com o elemento “amal”, que significa “trabalho”.

Genevieve  É a ancestral bruxa de Lena, que desencadeou uma maldição sobre as mulheres da família Duchannes, a forma inglesa do nome Geneviève, que deriva do nome gaulês Genovefa, que provavelmente significa “mulher da tribo”.



DA MAGIA À SEDUÇÃO
(filme)


Sally e Gillian – são irmãs bruxas retratadas no filme “Da Magia à Sedução” (1998), interpretadas, por Sandra Bullock e Nicole Kidman, que carregam uma maldição de família: os homens por quem se apaixonam são condenados à morte. Já adultas, elas decidem usar magia para quebrar essa maldição. O filme é baseado no romance de Alice Hoffman (1995). Sally é um diminutivo de Sarah, que quer dizer “princesa”, e Gillian é a forma inglesa medieval feminina de Julian, ou seja, uma das formas de Juliana.



AS FEITICEIRAS DE EAST END

 
.



As feiticeiras de East End” é um livro de Melissa de la Cruz e Aurea Akemi Arata. As três mulheres da família Beauchamp escondem um segredo: são feiticeiras poderosas, há séculos proibidas de usar sua magia. São elas:

Joanna – Ela consegue ressucitar os mortos e curar feridas graves; Joanna é uma das formas femininas do nome João, derivado do hebraico, que significa “Deus é gracioso”;

Ingrid – Ela pode prever o futuro e tece nós que podem resolver qualquer problema. Ingrid é a partir do nome nórdico antigo Ingríðr que significa "Ing é bonita", derivado do nome da deusa germânica Ing combinado com fríðr "bonito/a". Ing, que deriva do germânico Ingwaz (ancestral), era um deus antigo da fertilidade germânica;

Freya – Ela possui um encantamento que pode curar os piores desencantos amorosos. Vem do antigo nórdico Freyja, que significa “senhora”;

Wendy – No caso da personagem da peça Peter Pan (1904), de J.M. Barrie, foi criado a partir do apelido Friendy (friend, amigo). Porém, esse nome já era usado antes da peça, relacionado ao nome Gwendolen e outros nomes começados com Gwen, que significa “branco, justo, abençoado”.





HOCUS POCUS (Abracadabra)
(filme)


No filme Abracadabra (Hocus Pocus, em inglês) Winifred (Winnie), Mary e Sarah são as irmãs Sanderson, três bruxas que foram condenadas após sugar a vitalidade de uma criança para conservarem sua jovialidade. O filme é do gênero fantasia lançado pela Disney em 1993.

a)      Winifred é um nome feminino usado em galês e inglês. Trata-se de uma forma anglicizada de Gwenfrewi, ortografia alterada por associação com Winfred. Transformou-se em um nome usado na Inglaterra no século XVI. Gwenfrewi, é derivado dos elementos galeses “gwen” (branco, justo, abençoado), e “frewi” (reconciliação, paz). Este era o nome de uma santa e mártir galesa do século 7. Já Winfred é um nome do antigo inglês e significa "amigo da paz", a partir dos elementos “wine” (amigo) e “frith” (paz).

b)      Mary é a forma inglesa de Maria, nome da mãe de Jesus imensamente popularizado, e não é o mais ideal para um nome de bruxa, sinceramente. Os roteiristas desse filme eram bem ruins em escolher nome.

c)       Sarah – É um nome bíblico que significa “princesa”. 


W.I.T.C.H


W.I.T.C.H. é uma história de fantasia criada por Elisabetta Gnone, Alessandro Barbucci e Barbara Canepa. A série foi publicada na Itália entre abril de 2001 e outubro de 2012. A série conta a história de cinco adolescentes que são escolhidas para serem as novas Guardiãs do Oráculo de Kandrakar. Nesse caso, elas têm que proteger o centro do universo de pessoas e criaturas que desejam causar danos a ele. Para isso, foram dados para cada uma delas um poder dos cinco elementos. As novas guardiões são Will, Irma, Taranee, Cornelia e Hay Lin, cujas iniciais formam a sigla "W.I.T.C.H." Os nomes das bruxas são:


Will - É a líder da equipe W.I.T.C.H. e guardiã do Coração de Kandrakar. Ela se muda para Heatherfield, após deixar sua cidade natal, Fadden Hills. Seus poderes incluem trazer aparelhos elétricos à vida, dando-lhes personalidades distintas e a capacidade de falar. Ela também é capaz de conversar e de compreender os animais. Na verdade, Will pode ser um apelido de William ou de Willow, apostando na segunda opção, que significa “salgueiro”.


Irma - É um pouco atrevida e imprevisível, sendo a palhaça do grupo. Sua melhor amiga é Hay Lin, que possui o seu mesmo senso de humor. Seus poderes incluem a intuição e a manipulação da água, além de conseguir ter visões através da água e manipular pessoas com a mente. É a abreviação de nomes que começam com o elemento germânico “ermen”, que significa “o todo”, “universal”.


Taranee - Apesar de parecer tímida, Taranee é bastante determinada quando tem um objetivo em mente. Seus poderes são controlar o fogo, ler mentes, além de ser capaz de se comunicar com as pessoas telepaticamente. Não encontrei o significado desse nome numa pesquisa rápida.


Cornélia - É uma garota extramente lógica e calma, que gosta bastante de moda e de patinação no gelo. Ela pode manipular terra, pedra, metal e madeira, além de falar com a terra e mover objetos com a sua mente. Deriva da palavra latina “Cornu”, ou seja, “chifre”. Na época, o chifre era um símbolo de força, virtude, poder, pois os animais chifrudos eram os mais potentes e fortes.


Hay Lin - É bastante criativa, alegre e otimista. Ela é capaz de controlar o ar, recordar o passado através do som e ficar invisível. Não encontrei o significado desse nome composto.




.


Leia mais:







.