quarta-feira, 22 de março de 2017

Wellington

.


Wellington era originalmente um sobrenome, que com o tempo passou a ser usado como primeiro nome nos países de língua inglesa. Como sobrenome, ele era um nome geográfico, de qualquer um dos três lugares chamados Wellington, em Harefordshire, Shropshire e Somerset. 

Todos esses locais foram provavelmente nomeados em homenagem à pessoas chamadas Weola – um nome medieval – associado ao sufixo “Town”, que significa algo como “assentamento”.

Portanto, um nome que tem um significado difícil de tornar preciso, uma vez que se origina de um sobrenome e de um nome de lugar.

O fato é que esse nome anglófono foi adotado no Brasil com bastante entusiasmo. Possivelmente ele tenha entrado aqui através da mídia, com novelas, filmes, personalidades famosas, e assim, recebeu muitas adaptações de escrita, pois na maioria das vezes os pais “ouvem” o nome estrangeiro e adaptam para uma grafia portuguesa.

O resultado é bem surpreendente. Segundo o IBGE (Nomes no Brasil) até a data do Censo 2010, eram 76.820 pessoas chamadas Wellington no Brasil, com destaque para o Rio de Janeiro.  A maioria deles nasceu nos anos 80, e esse total lhe conferiu a posição de 170º nome masculino mais usado no país ao longo do período da pesquisa. 

Entretanto, se somarmos as outras grafias todas, Wellington deve subir bastante na classificação, pois essas são apenas alguns exemplos das formas de escrita diferentes: Wallington, Welleington, Welliington, Wellinghton, Wellingthon, Wellingtom, Wellinjton, Wellyngton, Whellington, Willington, Wllington, Wuellington, Wullington.

Só a grafia Wellinton tem 15.925 pessoas e dela podemos tirar as variações: Wellinhton, Wellinthon, Wellintom, Wellynton, Willinton, Wllinton, Wuellinton.

Curioso dizer que, apesar do pico de registros ter ocorrido nos anos 80, ainda hoje temos muitos bebês nascendo com esse nome. Nas listas da Arpen / SP (desconsiderando todas as grafias escritas diferentemente do correto em inglês), tivemos 201 meninos chamados Wellington em 2014, 155 em 2015, e 136 em 2016. 

Apesar da queda, ainda são muitos Wellington, se formos comparar com outros nomes masculinos típicos dos anos 80, como Márcio ou Sandro.

Algumas referências:

Wellington Albert, jogador da Papua New Guinean Rugby League;
Wellington Koo, diplomata chinês;
Wellington Mara, proprietário americano da equipe de NFL;
Wellington Masakadza, jogador de cricket zimbabuense;
'Uelingatoni Ngū, príncipe herdeiro tonganês de 1879 a 1885, vulgarmente conhecido como "Wellington Ngu";

Há uma série de jogadores de futebol brasileiros chamados Wellington:

Wellington Monteiro (1978) – goleiro do Goiás Esporte Club;
Weligton Robson Pena de Oliveira (1979) – jogador do Málaga CF
Wellington Katzor de Oliveira (1981)
Wellington Damião Nogueira Marinho (1981)
Welington Dantas de Jesus (1982)
Wellington Pinto Fraga (1982)
Wellington da Silva Serezuella (1982)
Wellington Paulista (1984)
Wellington Brito da Silva (1985)
Wellington Santos da Silva (1985)
Welliton Soares Morais (1986)
Wellington Luis de Sousa (1988)
Wellington Baroni (1989)
Wellington Aparecido Martins (1991)
Wellington da Silva Pinto (1991)
Wellington Alves da Silva (1993)




.