terça-feira, 30 de maio de 2017

Bernardina

.

Bernardina é um nome do gênero feminino, uma das formas femininas de Bernardo, análoga à Bernadete. Aparentemente, esse diminutivo é de origem italiana, enquanto Bernadette e Bernadine são de origem francesa. 

A grafia Bernadina também está correta. Em outras linguagens temos Bernarda (croata), Bernadett (húngaro), Bernardetta, Bernardina (italiano), Bernardita (espanhol). Bernardo, por sua vez, vem do germânico e significa “forte como um urso”.

Consta no IBGE o nome Bernardina, com 2.988 pessoas (Nomes no Brasil, Censo 2010) com maior frequência no estado de Santa Catarina, e maior número de ocorrências nos anos 1940; Da mesma forma, a variante Bernadina – sem o acréscimo do “r” – tem 2.707 pessoas ao todo no Brasil.

A título de curiosidade, no banco de dados do IBGE também constam 43 pessoas chamadas Bernadinha. Bernardina ou Bernadina (prefiro essa última versão, sem o acréscimo do “r”) é considerado um nome bastante ultrapassado e datado, associado à pessoas idosas e nascidas no início do século passado. Infelizmente, apesar de serem bons nomes, ainda precisam descansar um tempo para que a percepção das pessoas sobre eles mudem.

De qualquer maneira, acho Bernardina ou Bernadina muito mais simpáticos do que Bernadete e suas variantes ortográficas.

Algumas referências:

Bernardina Cristiana de Saxe-Weimar, uma nobre alemã, princesa de Saxe-Weimar-Eisenach por nascimento e princesa de Schwarzburg-Rudolstadt por casamento.
Bernardina Jabłońska, religiosa polonesa, proclamada beata por João Paulo II.
Bernardina Alves Barbosa, baronesa e viscondessa de Santa Justa foi uma nobre brasileira. Casada com Francisco Alves Barbosa, 2º barão de Santa Justa, foi agraciada viscondessa, depois de viúva, a 9 de fevereiro de 1889.




.