sábado, 24 de junho de 2017

Jessé

.

Jessé é um nome hebraico e bíblico, presente no Antigo Testamento, nos livros de Samuel, constando como o pai do Rei Davi de Israel. O nome Jessé viria do hebraico Yíšay, significando, possivelmente, "presente".

O próprio Davi é chamado de Davi bem Yshai, ou seja, Davi, filho de Jessé. O nome Jessé é citado no Velho Testamento, em particular na passagem em Isaías 11:1-3 : “Porque brotará um rebento do tronco de Jessé, e das suas raízes um renovo frutificará”; Para os cristãos esta profecia aponta para Jesus, o qual seria o Messias.

É importante lembrar que Jessé é a grafia encontrada na Bíblia traduzida para o português. Em inglês, por exemplo, a grafia é Jesse e a pronúncia é bem diferente. Nesse caso, começou a ser usado no mundo de fala inglesa após a Reforma Protestante. 

Um portador desse nome era Jesse James, um fora da lei norte-americano que deu trabalho à polícia, assaltando bancos, e acabou sendo baleado por um membro do seu grupo por causa de uma recompensa. Outro portador famoso foi o atleta norte-americano Jesse Owens, cujo verdadeiro nome era James Cleveland Owens – sendo que o apelido J.C é que deu origem à “Jesse”. Há ainda, em italiano, a variante Iesse.

Jessé é o nome de 21.212 pessoas, o que faz dele o 432º nome mais registrado no Brasil de 1930 a 2010, segundo o IBGE (Nomes no Brasil). A maior taxa de frequência é do Acre e os registros ocorreram em sua maioria nos anos 80.

Na lista da Arpen/SP de 2014 há 3 registros de Jesse, sem acento. Jessé, com acento, na grafia portuguesa, tem 12 registros.

Imagino que esses registros nos anos 80 se devem bastante à popularidade do cantor Jessé, como era conhecido Jessé Florentino Santos, um cantor e compositor brasileiro. Entre seus sucessos, está Porto Solidão, uma música que é cantada até hoje em festivais de música como um clássico brasileiro. 



.