quarta-feira, 9 de agosto de 2017

Shakira

.


É impossível ler ou ouvir esse nome e não associar imediatamente à cantora Shakira. Ela, cujo nome completo é Shakira Isabel Mebarak Ripoll, é colombiana, e dentre seus múltiplos talentos é cantora, compositora, dançarina, instrumentista, dançarina, coreografa, produtora, modelo e uma série de outras coisas. Ela também faz trabalhos sociais.

No Brasil, seu sucesso estourou mesmo com a música “Estoy Aquí”, e daí em diante, o nome está associado permanentemente à ela. Até por que, desafiaria alguém apontar outra Shakira famosa no mundo. Pois é, não tem. Além de Shakira Caine, que é a esposa do ator Michael Caine, mas não é propriamente famosa.

Por muito tempo pensei que Shakira fosse seu nome artístico, depois pensei que fosse um nome inventado, mas não: Shakira é um nome árabe, sendo a forma feminina de Shakir, que significa “grato” em árabe.

Segundo consta em matérias de revistas femininas, Shakira é uma colombiana que tem nome árabe por que seu pai é de descendência libanesa, enquanto outras especulam que ela foi nomeada homenageando sua avó Shakira Isabella Meberak. Não achei fontes confiáveis para confirmar nenhuma das duas afirmações.

Nos Estados Unidos, Shakira passou a integrar o top 1000 em 1982, mas saiu em 2006, na 780ª posição. No ano de 2015, de acordo com a lista da Social Security, foram 55 meninas nascidas com esse nome. Já na Inglaterra, o nome deixou de integrar o ranking em 2007 – permanecia desde 1996 – e terminou na 332ª posição.


No Brasil, o nome Shakira não encontrou muita repercussão, mesmo com o sucesso da cantora, ou talvez, justamente por isso. De acordo com o IBGE (Nomes no Brasil, Censo 2010), há 277 pessoas chamadas Shakira no Brasil, com maior frequência no Maranhão e nenhuma no sul do Brasil. A maioria nasceu dentro da década de 90. 




.