quinta-feira, 20 de outubro de 2016

Amabel





Amabel é uma forma medieval feminina do nome Amabilis. O nome significa “amável”, “digna de amor”. Afirmado como um nome cristão, foi algo aceito pelo senso comum que significasse “amável” no sentido de “digna de amor divino”, “digna do amor de Deus”, que era algo considerado, em tempos medievais, algo de bom agouro para a criança.

O significado é realmente um ponto muito positivo desse nome, uma vez que “amável”, em termos gerais, geralmente é associado à qualidades como a gentileza, própria de uma pessoa cortês, delicada, lisonjeira, agradável a todos. Imagino que essas sejam qualidades desejadas e bem vindas.

Como variantes, podemos citar Anabella, Anabelle, Annabel, Annabella, Anabelle, Arabella; Em relação à diminutivos, temos Mabel, Mabelle, Mable, Mae, May, Maybelle, Mabella, Maybelline. Em outras línguas, listamos Annabel (alemão), Annabelle, Amable (francês), Amabilia (latim romano), Anabela (português), Anabel (espanhol), Amabile (italiano).

Apesar de serem citadas várias vezes as versões com Anabel e Anabela, eu acho pouco provável que esses sejam realmente derivados de Amabilis. Na realidade, está muito mais próximo de uma adaptação muito óbvia de Ana + Bela, e derivados. Mas, o Behind The Name assegura que são variantes correlatas.

Hoje em dia, essa versão não é a mais popular. Nos Estados Unidos, é Mabel que está no ranking norte-americano, canadense e inglês (junto com País de Gales), enquanto Amabel não aparece em ranking nenhum. Já no Brasil (vergonha alheia), os dois registros mais parecidos que encontrei foram de Amabelly e Amabelli.

É uma boa alternativa para os adeptos dos nomes terminados em –bel que querem algo mais diferenciado, visto que a maioria dos nomes populares terminados assim já estão um pouco desgastados. Tem uma sonoridade bonita, agradável, feminina, um significado excelente, não é muito infantilizado nem extremamente antigo ou pesado, e cresce junto com a criança tranquilamente.


Amabel também é interessante em compostos, visto que, pelo menos na minha opinião, nomes terminados em –el sempre ficam bem harmoniosos como segundo elemento em nomes compostos (teste em voz alta!). Penso que se os brasileiros abrirem seus horizontes e descobrirem novos nomes a serem usados para além dos mesmos de sempre, Amabel pode ter várias chances de brilhar. 




.