sexta-feira, 11 de novembro de 2016

Anacleto




Anacleto é um nome bastante incomum nos dias atuais. É a forma italiana, espanhola e portuguesa de Anacletus, que por sua vez, é a forma latinizada do nome grego Ανακλητος (Anacletos), derivado de ανακλητος (anakletos) que significa "invocado". Este foi o nome do terceiro papa da Igreja Católica.

Outras fontes afirmam que ele resultaria de Anenkletos, também formado por um prefixo privativo/negativo (a) e enkalein, que significa “culpa”, significando portanto, “livre de culpa, sem culpa”. A forma Clito, ou mesmo Anaclito, são derivados que vem da pronúncia moderna do grego. Anacleto é uma forma generalizada em toda a Itália, especialmente em Lazio, graças ao culto de Santo Anacleto (ou Papa Cletus).

Com a terminação –eto achei apenas um registro de Beto (isso mesmo, alguém registrou o apelido como nome logo de uma vez) na lista da Arpen/SP de 2015. Ana também é um elemento comum à nomes femininos, e também não achamos nenhum nome masculino começado com –ana, ou seja, nenhum nome remotamente semelhante à Anacleto nas listas disponíveis.

Um nome semelhante é Aniceto, mas tampouco esse tem alguma representatividade nas listas brasileiras. De algum modo, pela fonética, é um nome que lembra a palavra “bicicleta”, por causa do mesmo encontro consonantal.

Ele também não consta na lista portuguesa, mas imagino que seja apenas por omissão, afinal, não há nada que deponha contra Anacleto ser um nome “português”. Porém, tampouco há registros de Anacleto na lista oficial de nomes mais usados em Portugal em 2015, fornecida pelo IRN.

É complexo, desse modo, fazer com que as pessoas apreciem Anacleto. Para mim, sempre pareceu um nome alegre, risonho, piadista. Não imagino um Anacleto de má índole, aparentemente, é um nome que só se encaixa bem em gente boa. É um nome digno, escrito e pronunciado corretamente em língua portuguesa. Logicamente, é um bom nome para ser usado, mas totalmente esquecido no limbo dos nomes.

Historicamente, temos Anacleto II, nascido Pietro Pierleoni ( Roma , 1090 torno - Roma , 25 de de Janeiro de 1138 ), foi um beneditino italiano, que se tornou um cardeal em 1106 e foi eleito papa em 1130 , em oposição ao Papa Inocêncio II , e é considerado anti-papa .

Referências:

Anacleto Bendazzi , padre e enigmista italiano;
Anacleto Cazzaniga , arcebispo católico italiano;
Anacleto González Flores , advogado mexicano;
Anacleto Margotti , pintor italiano;
Anacleto Rossi , cantor italiano;
Anacleto Verrecchia , um filósofo italiano;



.