sábado, 3 de dezembro de 2016

Ansa



Ansa é um nome do sexo feminino que tem seu uso predominante em finlandês. Aparentemente, vem do finlandês “ansio” que significa “virtude, mérito”, ou da palavra “ansa”, que significa “armadilha”.

Segundo uma submissão de usuário, na mitologia hindu, um dos Aditvas, as deidades guardiãs dos meses, se chama Ansa, e é um deus do sol menor. Pode ser ainda que tenha sido influenciado pela variante finlandesa do nome Anselmo, ou seja, Anssi, que significa "elmo de Deus". 

Uma portadora famosa é Ansa, a Rainha dos Lombardos. Ela foi rainha dos Lombardos e Rainha da Itália no século VIII, quando era esposa de Desiderio. Ansa pertencia a uma família aristocrática da Bréscia, e era filha de um nobre chamado Verissimo. O nome não implica uma origem romano-itálica, já que os lombardos do século VIII tenderam a pegar emprestados nomes alemães ou latinos. Enquanto rainha, Ansa colaborou ativamente com o marido, especialmente em matéria religiosa. O casal, Ansa e Desiderio teve pelo menos um filho (Adelchi) e cinco filhas (Ermengarde, Anselperga, Gerberga, Adeperga e Liutperga).

É um nome um pouco complicado para ser usado em português, por lembrar “ânsia”, e também “mansa” ou “gansa” e toda uma série de outras palavras que lembram essa sonoridade final. Acho que seria um prato cheio para bullying. Entretanto, para quem não mora no Brasil, parece ser um nome deveras interessante.

Por outro lado, parece bastante com Constança, que é bem popular em Portugal. Haverá então, a possibilidade dos portugueses não estranharem completamente “Ansa”.


No Brasil, não consta registros de Ansa nem na plataforma do IBGE nem nos registros mais recentes em listas disponíveis, como as da Arpen/SP.