sexta-feira, 16 de dezembro de 2016

Aquilina




Aquilina é uma forma de Aquilinus, o nome de uma santa do século III. Outras formas incluem Akilina e Akulina, ambas na língua russa. Aquilinus por sua vez, é derivado de Aquila, que significa “águia” em latim. Como –lina geralmente é identificado como um diminutivo frequente e usual, podemos interpretar o significado como “pequena águia”.

No Brasil existem 283 mulheres chamadas Aquilina, a maioria delas nascidas na década de 30, e com maior taxa de ocorrência no Mato Grosso (Nomes no Brasil, IBGE). Os registros de Aquilina acabam em 1950 e não reaparecem. Também nessa ferramenta do IBGE é possível ver a existência da versão Aquelina, que corresponde à 135 pessoas nascidas entre 1930-1940.

Além disso, há 164 pessoas chamadas Aqueline, todas elas registradas de 1980 a 1990, e com maior frequência no Paraná. É possível imaginar que Aqueline seja uma variante possível de Aquilina.

Esse é o nome de uma personagem da Comédia Humana, de Honoré de Balzac, sendo classificada como uma das “belezas que assustam”.

A mim, o nome lembra bastante o masculino Aquiles misturado com Joaquina, ou coisa parecida. É complicado associar com Aquila e principalmente com o significado “águia”, mas aparentemente, é um nome interessante com um significado muito legal. Afinal, os nomes femininos com terminação em –ina são bastante frequentes.




.