terça-feira, 20 de dezembro de 2016

Arcangelo




Arcangelo significa “arcanjo” em italiano. Como é de conhecimento geral, o arcanjo é uma espécie de anjo, presente tanto no Cristianismo como no Judaísmo ou no Islamismo. A etimologia vem do latim “archangelus” (em grego antigo, arkhággelos), palavra composta das palavras gregas ἄρχειν (archon), que signfiicacomando” e ἄγγελος (angelos), cujo significado literal é “mensageiro”. Na tradição judaico-cristã, há sete arcanjos, mas não há consenso sobre seus nomes.

Na Wikipédia italiana, encontramos algumas variações, como por exemplo Arcangiolo, além da variante feminina Arcangela ou Arcangelina, assim como as variantes no latim (Archangelus), no grego (Archangelos) e em polonês, Archaniol. A forma Arcangiolo é estritamente toscana.

Pelo termo “arcanjo”, traduzido para o italiano como Arcangelo, entendemos referência direta aos três arcanjos – os quais todos concordam sobre os nomes – Gabriel, Miguel e Rafael, cujo culto se generalizou. Uma observação exclusivamente minha: prefiro Arcângelo, com acento. 

O termo grego “archon”, que significa “liderança, comando” está presente em outros nomes como por exemplo em Arquipo, Arquimedes, Narco, Learco e Aristarco, assim como nas palavras hierarquia, anarquia, oligarquia, monarquia, sendo que o elemento –arquia se refere à governo. Assim como o termo “angelos” também se encontra nos nomes Ângelo, Agatângelo e Evangelo.

É um nome de clara expressão religiosa, que pode ser apreciado pelo público que tem alguma ligação com as religiões que acreditam na existência de anjos e arcanjos, mas, devido ao uso desse personagem em mitos, histórias e outras lendas, perde-se um pouco da carga religiosa e fica o misticismo de um ser alado, bondoso, que ajuda a humanidade, que funciona de elo de ligação entre Deus e sua criação.

Segundo a ferramenta do IBGE, Nomes no Brasil, há 490 pessoas chamadas Arcangelo no Brasil, todas do sexo masculino, sendo que a maior frequência de registros se deu em Santa Catarina, cujo auge foi na década de 50. Nos anos 2000, foram apenas 21 pessoas registradas como Arcangelo em todo o país. 

Toda essa explicação para dizer que Arcângelo significa “chefe dos anjos”, “líder dos anjos”, “comandantes dos anjos”, etc. Uma pessoa notável com esse nome é o músico e compositor do século 17, Arcangelo Corelli (1653-1713), entre outras referências:

Arcangelo Cavazzuti, produtor musical e músico italiano;
Arcangelo Corelli, compositor e violinista italiano;
Arcangelo de Castris, político italiano;
Arcangelo Leone de Castris, escritor e crítico literário italiano;
Arcangelo di Cola, pintor italiano;
Arcangelo Giani, religioso, presbítero e teólogo italiano;
Arcangelo Lobianco, político e escritor italiano;

Arcangelo Piacentini, presbítero, religioso e santo italiano;



.