quarta-feira, 4 de janeiro de 2017

Arlete & Arlette




O Behind The Name diz que Arlette é a forma francesa de Herleva. Este, por sua vez, é um obscuro nome germânico, possivelmente derivado de “hari” (exército), ou “era” (honra) ou “erla” (nobre). Este era o nome da mãe de William, o Conquistador, que segundo a tradição, foi um plebeu.

A grafia totalmente diferente entre Herleva e Arlette pode ser explicada pela influência do nome Arline. Outras variantes, segundo a Wikipédia italiana, são Erlève, Herlève, Herlotte (francês) e Arletta (inglês).

Arlette está presente no ranking da Suíça, em 1945, em 98º lugar, depois disso desaparece. Não consta em outros rankings. No Brasil, é também grafado como Arlete, mas não tem muita expressão nas últimas listas, já que não aparece nos registros da Arpen/SP dos últimos anos. Mas Arlete ou Arlette já tiveram seus bons momentos em território brasileiro, segundo o IBGE.

Através da ferramenta “Nomes no Brasil”, descobrimos que 59.867 pessoas se chamam Arlete no Brasil, sendo que a maioria delas nasceu na década de 60 (mais de 14 mil delas). Os estados onde é mais fácil encontrar Arlete é no Espírito Santo e Santa Catarina.

Já a grafia Arlette, foi mais registrada na década de 30, e soma 593 pessoas. Visivelmente, Arlette na grafia francesa foi mais popular no início do século, dando lugar depois à uma grafia aportuguesada. Assim, é bem fácil concluir que esse é um nome que está em voga nas mulheres que estão na faixa dos 50-60 anos. Datado, ficou impossível de encontrar em bebês.

Como curiosidade, encontrei também as grafias Arleti (627 pessoas) e Arlety (30 pessoas).

Referências:

Arlette Halff, tenista francesa;
Arlette Laguiller, política francesa;
Arlette Poirier, atriz francesa;
Arlette Zola, cantora suíça.
Arlete Argente Guerreiro - poetisa portuguesa;
Arlete Montenegro - atriz e dubladora brasileira;
Arlete Salles - atriz brasileira;


.