terça-feira, 21 de fevereiro de 2017

Eurídice



Eurídice é o nome de 2.526 pessoas no Brasil, segundo o IBGE. A maioria está concentrada no Rio de Janeiro, e boa parte nasceu na década de 1950. Nos anos 2000, foram somente 20 pessoas chamadas Eurídice registradas em todo o Brasil. Há também 69 pessoas chamadas Eurydice.

Eurídice é a forma portuguesa e espanhola de Eurydice. Este é um nome grego, grafado Ευρυδικη (Eurydike) que significa "justiça ampla", derivado de “eurys” (ampla) e “dique” (justiça). Na mitologia grega, Eurídice era a esposa de Orfeu. Quando ela morre, ele tenta traze-la de volta do Hades, mas falhou quando desobedeceu a condição de não olhar pra trás enquanto fazia seu caminho para fora.

Segundo a mitologia, Eurídice é picada por uma cobra e morre, sendo levada então ao mundo inferior. Orfeu, seu marido, filho da musa Calíope e do deus Apolo, desce ao mundo inferior e convence Hades a deixar que ela volte ao mundo dos vivos. Hades concorda, mas com a condição de que Orfeu não olhasse para trás até que chegasse à superfície, mas Orfeu desobedece, vê sua esposa e ela então volta para o mundo inferior. Ele nunca mais a recupera.

Além de Eurydike, em grego também grafa-se o nome como Evridiki. Além da Eurídice de Orfeu, há outras personagens da mitologia grega que levam esse nome.

Também temos personalidades históricas com o nome:

Eurídice (mãe de Filipe II da Macedónia), mãe de Filipe II (o Grande)
Cleópatra Eurídice da Macedônia, última esposa de Filipe II, inicialmente chamada de Cleópatra, teve seu nome mudado para Eurídice, nome da mãe de Filipe II
Eurídice (filha de Antípatro), esposa de Ptolomeu I Sóter e mãe de Ptolemeu Cerauno
Eurídice (esposa de Filipe III Arrideu) e filha de Cynna, filha de Filipe II

Eurídice (esposa de Ptolemeu IV Filopator) e mãe de Ptolemeu V Epifânio, mencionada por Juniano Justino, provavelmente idêntica a Arsínoe, filha de Berenice, filha de Magas de Cirene.



.