terça-feira, 7 de março de 2017

Kai

.


Kai é um nome com significados e origens dúbias e controversas. A) Como um nome havaiano, pode ser unissex e significa “mar” em havaiano; B) possivelmente, um diminutivo masculino frísio de Gerhard, Nicollas, Cornelis ou Gaius; C) Um nome feminino, possivelmente uma variante de Kaja, que é um diminutivo esloveno de Katarina;

Em São Paulo, foram 4 registros de Kai, no ano de 2015 (Arpen/SP). Já no IBGE, constatamos no banco de dados que há 120 pessoas chamadas Kai, com destaque para o estado de São Paulo e maior incidência nos anos 2000. É preciso ressaltar, que dessas 120 pessoas, 18 são mulheres.

Temos aqui também a variante Cai, com 141 pessoas e a variante Kay com 86 pessoas. No resto do mundo, Kai tem bastante popularidade: é o 145º nome masculino mais usado nos Estados Unidos no ano de 2015 – e também é usado para meninas, só que neste caso, esteve na 893ª posição. Também está presente nos rankings masculinos do Reino Unido, Canadá, Austrália, Irlanda, Irlanda do Norte, Noruega e Escócia.

Apesar de Kai não ter apenas a possibilidade do significado havaiano, esse com certeza é o mais bonito. Tecnicamente, o mar é uma grande massa e extensão de água salgada que cobre a maior parte da superfície do globo terráqueo e que constitui um dos bens do domínio de cada nação, dentro dos limites do território flutuante.

Simbolicamente, o mar reflete a imensidão, “a dinâmica da vida, os nascimentos, as transformações, a morte, e os renascimentos. O movimento das ondas do mar simbolizam o estado transitório da vida, a ambivalência entre a realidade e as possibilidades de realidade, representa a incerteza, a dúvida, a indecisão, podendo levar tanto ao bem como ao mal. Por isso, o mar simboliza tanto a vida como a morte” (Dicionário de Símbolos).

De acordo com o Significado dos Símbolos:

É o lugar das transformações e dos renascimentos, muito próximo ao simbolismo da água e do oceano, expressa acima de tudo um símbolo da dinâmica da vida. Um estado transitório, ambivalente, incerto, dúbio, que pode resultar em bem ou mal e ainda pode gerar vida ou morte. Os gregos e romanos costumavam oferecer sacrifícios de cavalos e touros ao mar, num simbolismo de fecundidade. Para os místicos o mar simboliza o mundo e o coração humano, enquanto lugar das paixões.

O significado “mar” está ligado à muitas mitologias diferentes, uma vez que praticamente todas as religiões politeístas antigas tem um deus ou deusa do mar, como Netuno na mitologia romana, Poseidon na mitologia grega, Aegir, na mitologia nórdica, Lir na mitologia celta, e assim por diante.

Como referências podemos citar o linguista finlandês Kai Donner, que foi um dos primeiros à se dedicar à antropologia moderna e o físico sueco Kai Siegbahn, vencedor do prêmio Nobel de Física em 1981.


Eu acho Kai um nome excelente e maravilhoso, tanto em conotação como sonoridade, grafia e significado, porém, seu uso em português pode se tornar complicado por que é uma das conjugações possíveis do verbo “cair” (ele cai, ela cai). Mas, se formos pensar, Caio tem a mesma característica (eu caio), e ninguém se importa. 




.