quarta-feira, 14 de junho de 2017

Margaret

.

Eis um nome que amo de paixão: Margaret. Evidentemente, na pronúncia inglesa. Amo ouvir o som desse nome em filmes americanos, mas evidentemente, a língua portuguesa estraga esse nome ao pronuncia-lo equivocadamente.  É possível que a difusão nos países de fala portuguesa tenha sido obra e influência da primeira ministra britânica Margaret Thatcher.

Margaret deriva do latim “margarita”, que vem da palavra grega “margarites”, que significa “pérola”, provavelmente, em uma última análise, um empréstimo do sânscrito “manyari”. Santa Margarida, a padroeira das mulheres gravidas, Margaret, em inglês, foi martirizada na Antioquia no século 4, e sua devoção ajudou na difusão do nome em todo o mundo cristão, embora escrito de modos diferentes. Na lenda, ela teria escapado de um dragão, com o qual ela foi muitas vezes representada na arte medieval.

Margaret também inclui portadoras famosas na realeza, citando a Rainha da Escócia e uma princesa da Hungria, e também foi levado pela rainha Margaret I da Dinamarca, que em português é traduzido para Margarida I da Dinamarca, que uniu a Dinamarca, a Suécia e a Noruega no século 14. Portadoras literárias famosas incluem a escritora americana Margaret Mitchell (1900-1949), autora de “E o vento levou”, e a escritora canadense Margaret Atwood.

Variantes: Margaretta, Margery, Marjorie, Marjory

Diminutivos: Madge, Mae, Maggie, Mamie, Marge, Margie, May, Mayme, Meg, Peg, Peggie, Peggy, Midge

Outras linguagens: Retha (Africano), Margarid, Margarit (Armeno), Margarita (Búlgaro), Margarida (Catalão), Margareta (Croata), Markéta (Checo), Margareta, Margit, Margrethe, Grete, Grethe, Margarethe, Merete, Meta, Mette, Rita (Dinamarquês), Margareta, Margaretha, Margriet, Greet, Greetje, Griet, Margreet (holandês), Maret, Margit (Estoniano), Maarit, Margareta, Marketta, Margareeta, Reeta, Reetta (Finlandês), Marguerite, Margaux, Margot (Francês), Margarida (Galício), Margareta, Margarete, Margaretha, Margarethe, Greta, Gretchen, Grete, Gretel, Margrit, Meta, Rita (alemão), Margalit, Margalita (Hebreu), Margaréta, Margit, Margita, Gréta, Rita (Húngaro), Margrét (Islandês), Mairéad (Irlandês), Margherita, Rita (Italiano), Margarita (latim romano), Margreet, Greet (Limburguês), Margarita (Lituano), Margaid, Paaie (Manx), Meggy (Medieval Inglês), Margareta, Margit, Margrete, Margrethe, Grete, Grethe, Marit, Marita, Meta, Mette, Rita (Noruega), Margarida (Ocitano), Małgorzata, Gosia, Małgosia, Marzena (Polonês), Margarida, Rita (Português), Margareta (Romeno), Margarita (Russo), Maighread, Mairead, Maisie, Marsaili, Mysie, Peigi (escocês), Margita, Markéta (eslovaco), Margareta, Marjeta (Esloveno), Margarita, Rita (espanhol), Margareta, Margit, Greta, Marit, Marita, Märta, Merit, Meta, Rita (Sueco), Marged, Mererid, Mared, Megan (galês).

Mais tarde, a flor “margarida” passou a ser denominada margherita em várias línguas. Então, em muitos sites você encontrará o significado de Margaret e suas variantes como sendo “margarida”, mas na verdade, é a flor que foi nomeada a partir do grego. A partir disso, o nome próprio passou a ser geralmente associado ao significado floral, à exemplo de outros nomes como Rosa, Iris, Dália, Violeta, etc.

A versão em inglês também foi influenciada por Marjorie, que significa “manjerona”, e foi originalmente usado para “traduzir” o nome irlandês Maeve.

Segundo dados do IBGE (Nomes no Brasil, Censo 2010), o nome Margaret tem muitas grafias registradas, mas todas elas com destaque absoluto nos anos 60. A grafia preferida dos brasileiros é Margarete.

Grafia

Registros
Posição
UF
Década
Margarete
48.363
302º
SC
1960
Margareth
14.510
709º
RJ
1960
Margaret
3.708
1.814º
SC
1960
Margarethe
1.674
3.159º
ES
1960
Margarette
158

RJ
1960

Na Arpen/SP do ano de 2015, temos 2 registros de Margareth e um de Margarete, ou seja, hoje em dia, o nome está praticamente fora de uso. Margaret, entretanto, é o 154º nome feminino mais registrado dos Estados Unidos no ano de 2015. Também consta ou já constou nos rankings da Inglaterra, Canadá e Noruega.

Referências:

Margaret Windsor - irmã da rainha Elizabeth II do Reino Unido;
Margaret Atwood, poetisa, escritora e ambientalista canadense;
Margaret Beaufort, mãe de Henrique VII da Inglaterra;
Margaret Joslin, atriz norte-americana;
Margaret Lee, atriz britânica;
Margaret Mazzantini, escritora, dramaturga e atriz italiana;
Margaret Mead, antropóloga estadunidense;
Margaret Rutherford, atriz britânica;
Margaret Smith Court, tenista australiana;
Margaret Thatcher, política britânica.






.