quinta-feira, 8 de junho de 2017

Nomes na Mitologia Anglo-Saxã

.
.


A mitologia anglo-saxã se refere à crenças e práticas religiosas seguidas pelos anglo-saxões durante a Idade Média na Inglaterra. Essa mitologia é frequentemente chamada de “paganismo anglo-saxão” uma vez que era composto por uma enorme e variada quantidade de crenças diferentes.

O deus mais importante parece ter sido Odin, embora tenha outras divindades importantes como Thor e Tyr, assim como uma heterogênea variedade de criaturas sobrenaturais, como elfos, fadas e dragões.


Confira os principais nomes:


Beowulf – provavelmente significa “lobo abelha” (no efeito, igual à “urso”), do inglês antigo “beo” (abelha) e wulf (lobo). Este é o nome do personagem principal no épico poema anônimo do século VIII, “Beowulf”. Na mitologia grega, como conta o poema, Beowulf matou o monstro Grender e sua mãe, a pedido do rei Hroðgar. A conclusão do poema diz como Beawulf, em sua velhice, mata um dragão, mas é ele mesmo mortalmente ferido no ato.

Frige – cognato anglo-saxão de Frigg, que significa “amado” em nórdico antigo. Na mitologia nórdica, era a deusa da terra, do ar e da fertilidade, e a esposa de Odin. Os estudiosos acreditam que ela e a deusa Freya compartilham uma origem comum.

Puck – esse é um nome masculino de significado desconhecido. Pode ser de origem germânica ou celta. Na lenda inglesa, este era o nome de um espírito malicioso, também conhecido como Robin Goodfellow.

Thor – na mitologia anglo-saxã, do antigo nórdico Þórr que significa "trovão. Thor era o deus nórdico de força, trovão, guerra e tempestades, o filho de Odin. Ele estava armado com um martelo chamado Mjolnir, e usava um cinto encantado que dobrava sua força.

Tyr – Escrito como Tiw, forma nórdica do nome do deus germânico Tiwaz, relacionado a um deus indo-europeu, provavelmente Zeus. Na mitologia nórdica, Tyr era o deus da guerra e da justiça, o filho de Odin. Ele carregava uma lança na mão esquerda, já que a direita foi mordida pelo lobo Fenrir. Na época do fim do mundo, o Ragnarok, Tyr vai matar e ser morto pelo cão gigante Garm.

Weland ou Wieland – derivado dos elementos germânicos “wela”, possivelmente significando “habilidade’, e “land”, que significa “terra”. Na mitologia germânica, Wieland (chamado Völundr em norueguês antigo), era um ferreiro e um artesão de habilidade inigualável.


Woden – é um cognato anglo-saxão de Óðinn ou Odin, que derivou de óðr "inspiração, raiva, frenesi". Na mitologia nórdica, Odin era o mais alto dos deuses, presidindo a arte, a guerra, a sabedoria e a morte. Ele residia em Valhalla, onde os guerreiros iam depois da morte. 





.